domingo, 18 de dezembro de 2016

Para Hoje - ❥- #18-12

Nada te impede de tentar. Nada te impede de acreditar. Se não souberes como resolver, deixa ficar. Não te agarres às dúvidas, aos medos e àquele nó-cego de não saberes (ainda) do que és capaz. 

Confia no tempo que tudo faz. repete(te) que, aos poucos, ele vai saber encontrar a resposta que (esse incerto) desfaz. Ouve-te de peito aberto. Cerca-te de luz, cerca-te de muito mais luz. 

Larga as ilusões do que não és. Despe-te de capas, de escudos, de filtros. Deixa as gavetas todas abertas e a porta do coração escancarada. Arrisca doer, arrisca viver. Sabe que todos os dias tudo muda. E que o mundo avança sempre que trocas esse-tudo-que-é-afinal-nada pela coragem de seres uma ave rara: a que abre a gaiola e vai ser feliz. 

Sem comentários: